Questão de interpretação

junho 3, 2011

É engraçado isso. Mas já percebi, que quando leio textos que o povo da ala calvinista extrema escreve, supostamente visando rebater alguma coisa que o Ricardo Gondim tenha escrito a respeito de Deus, a interpretação que eles fazem, é totalmente diversa da minha. Quando leio as respostas deles, fico com aquela impressão de que ou eles não entenderam, ou estão distorcendo de forma proposital o que foi dito, sabe-se lá com qual objetivo. Ou que estão lendo outro Gondim que não é o Ricardo. Alguém mais tem essa impressão? Tem momentos que chego a rir com as réplicas deles, pensando: como que pode os caras lerem desse jeito, tão diferente da forma como eu leio, um mesmo texto, escrito por uma mesma pessoa?

Será que é má vontade desse pessoal, que já lê tudo que vem dele, com maus olhos? Pra mim, os textos do Gondim não parecem confusos, nem difíceis de entender, nem parecem coisas vindas de alguém que está perdendo, ou já perdeu a fé.

Será que o dogmatismo pode condicionar a leitura, e a capacidade de interpretação de textos de uma pessoa? Ou é só maldade mesmo?

Anúncios