Love Wins – Rob Bell

Trechos da revisão do livro, escrita por Adam Palmer

[…]Aprecio as metas que Rob Bell tinha ao escrever esse livro, apresentar uma espiritualidade baseada em Jesus, para pessoas que têm seus rostos marcados, com as marcas odiosas do Cristianismo que vemos na cultura moderna. E no que diz respeito a isso, Rob Bell atingiu seu objetivo. Love Wins é um livro que espero que te faça dizer, “estou fascinado com essas ideias, e amaria explorar mais profundamente, a lista de leituras recomendadas no final do livro.”  Esta lista de leitura, por sinal, inclui os três autores que acabamos de citar como menos digeríveis (Os autores aos quais o autor da revisão se refere são: N. T. Wright, C. S. Lewis e Robert Farra Capon, citados no parágrafo anterior da revisão).

Por mais que eu não me importe com o Rob Bell, pensei neste livro para dar de presente à minha esposa, como presente de dia das mães. Voltando aos meus tempos de adolescente, trabalhei numa livraria cristã local por seis anos, e ainda tenho um senso de lealdade para com eles, então fui até lá e perguntei pelo livro.

“Nós não o temos”, eles responderam.

“Vocês não têm o livro em estoque, ou não o têm a venda?” Perguntei.

“Nós não o pusemos a venda.”

Imaginando que isso era um fenômeno que só atingia aquela livraria em particular, e vivendo no meio oeste, onde temos muito mais do que uma livraria cristã, liguei para duas outras livrarias, para descobrir se alguma delas estava vendendo aquele livro. Elas não estavam.

Então, comprei-o na Barnes & Noble, que não é uma livraria cristã. Onde este livro é um best-seller.

Por isso que eu disse que estava na inconfortável posição de defender Rob Bell. Por que temos tanto medo, que nos recusamos a expor as pessoas, a ideologias que podem não se encaixar exatamente com nossas crenças evangélicas? Não sou nenhum especialista bíblico, e sei tanto sobre a história da igreja que você não seria capaz de examinar isso nem com microscópio eletrônico, mas não detectei nenhuma heresia em Love Wins. Pensamento fora do convencional, certamente sim, mas os pontos essenciais estão todos ali. Jesus continua sendo o salvador, a cruz e a ressurreição continuam sendo redentoras, e o único caminho para chegar ao Pai.

Bell faz perguntas e não as responde, vai e volta, faz um jogo com as palavras das traduções gregas, mas a mensagem global do livro é esta: não baseie sua fé na atitude de embolsar um cartão dizendo “Get Out of Hell Free”, em vez disso, una-se à obra redentora que Deus está executando no mundo agora.

Então, por que a subcultura cristã se recusa a deixar Rob Bell colocar seus pontos de vista aos cristãos? Por que estão se afastando dessa figura controversa específica, enquanto vendem material de autores que os não-evangélicos julgam controversos?

Tentei entrar em contato com os escritórios corporativos destas três livrarias, para fazer essas perguntas a eles. Das três, duas me deram como resposta um “Sem comentários”, enquanto a terceira, me enviou via e-mail, uma mensagem preparada dizendo que eles “haviam analisado e discutido exaustivamente a obra… e decidiram que este livro não se alinha com [suas] crenças”.

Estas livrarias são livres para comercializar o que quiserem, mas eu queria saber qual o fundamento racional para banir Love Wins. Uma loja, chegou ao ponto de retirar das prateleiras todos os livros anteriores de Rob Bell (mas você poderá comprar sete diferentes livros de autoria, ou sobre outra auto-intitulada iconoclasta, amplamente presente na mídia, Sarah Palin). O que passa pela cabeça deles? Eles não me responderam. Sinta-se livre para especular a respeito na área de comentários.

Rob Bell não é decisivo, nem o seu livro Love Wins, mas o furor gerado pelo livro, bem como as reações exageradas da subcultura evangélica, são mais uma razão para levantar uma questão que fazemos o tempo todo, aqui no Internet Monk:

Do que é que temos tanto medo?

Por que, como cristãos, não podemos simplesmente nos casar por amor?

Review of Love Wins – Adam Palmer – Internet Monk

Ainda não li este livro do Rob Bell especificamente, pretendo ler (quem quiser me dar de presente, eu aceito, ok? =P), mas já li outros do Rob Bell, e o assunto que ele trata neste livro, não é em nada diferente de coisas que já não tenha escrito em outros, ou que já não tenha sido tratado por outros autores, antes dele. Nem eu entendi porque essa reação violenta contra ele. Alguém explica? Na verdade posso imaginar as motivações, mas em sendo verdade, penso que isso é tão… medieval…

“Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo.”

“Todo filósofo que se desgarrasse da gíria da escola era acusado de ateísmo pelos fanáticos e espertalhões. E condenado pelos cretinos.”

Duas frases de Voltaire.

2 respostas para Love Wins – Rob Bell

  1. teocracia disse:

    Paz, gostei de sua explanação sobre o livro do Rob Bell, por enquanto não o li, mas desejo faze-lo em breve. Também achei absurdo a velocidade e a voracidade contra o cara foi derrepente, mesmo antes de lançar o livro.

    Paz.

  2. Jezer Ferris disse:

    Olá! Esta reação violenta não é contra Rob Bell, mas sim pela Teologia Universalista que tanto escandaliza os cristãos legalistas. Eu sou Universalista como Rob Bell e tenho que tomar cuidado com as coisas que falo pertos de crentes amigos meus, senão é capaz de me empurrarem no chão, jogarem gasolina e atearem fogo em mim gritando “- Herege! Herege!”.
    Enquanto as religiões cristãs esteverem baseadas em uma filosofia de poder, de pessoas que vendem indulgências nas igrejas, acreditando que o nosso Deus (que é AMOR) deseja que devemos dar nosso dinheiro à Ele, que a salvação depende de manual de regras e lêem a Bíblia como se ela tivesse sido escrita pra que tivéssemos mêdo de Deus, pessoas como Rob Bell serão consideradas “Anti-Cristos” da atualidade.
    Parabéns a quem escreveu este Post, por não não tomar o partido dos legalistas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: