Crentes e formigas…

formiga1Tem pessoas que acham adequado comparar o corpo de pessoas ligadas ao cristianismo à formigas. Inclusive temos aquelas chamadas “formigas crentes”, personagens de tirinhas e cartõezinhos com temas evangélicos.

Mas eu particularmente não gosto de crente tipo formiga.

Como assim, você não gosta de crente-formiga? As formigas são tão trabalhadoras, incansáveis, sabem trabalhar em equipe e tudo mais, são perfeitas…

Pois é, eu sei que elas são incansáveis, trabalhadoras dedicadas, mas tem um porém. Elas são burras. Sim, isso mesmo, são burras.

Se eu tenho um problema com formigas cortadeiras no meu pomar, por exemplo, basta comprar formicida granulado, e espalhar nas trilhas por onde as formigas estão passando com as folhas. Em questão de minutos, elas param de carregar as folhas e levam o formicida em seu lugar. Se o formicida for bom, em pouco tempo o formigueiro terá desaparecido. E as formigas nem mesmo vão saber o que foi que as matou.

O crente-formiga é assim. Mesmo tendo sido ensinado a selecionar seu alimento, e não levar qualquer coisa que pareça comestível para o formigueiro, logo se deixa seduzir pelos apetitosos pedacinhos de formicida granulado que encontra pelo caminho. E nem imagina o efeito que esse formicida terá, uma vez contaminando o fungo do qual todo o formigueiro se alimenta.

Exemplos de “formicida” sendo levado aos “formigueiros” e acabando com eles, é o que menos falta. Pastor-formiga então, nem precisa comentar. O que tem de pastor-formiga, dando alimento envenenado às ovelhas-formiga, não é brincadeira. E pior, na grande maioria dos casos, eles sabem muito bem que estão alimentando-as com veneno, um tipo de veneno que, mais cedo ou mais tarde, se mostra letal, mesmo eles sendo espertos o suficiente para não aplicarem doses letais de uma só vez, começam aos pouquinhos e vão aumentando a dose. O objetivo é mantê-las narcotizadas o máximo de tempo possível, enquanto esvaziam os seus bolsos.

Tipos de formicida são vários: venda de prosperidade, distribuição de objetos ungidos, idolatria de líderes, idolatria de “popstars gospel”, doutrinas de homens transformadas em lei divina, superstições, espiritismo gospel, macumba gospel, doutrinas judaizantes, “terrorismo gospel – não toque nos ungidos!”, “marchas proféticas”, “atos proféticos”, vários tipos de “unções”, “ameaça gospel” – quem não dizima está roubando Deus! etc… tem formicida para todos os gostos, e os crentes-formiga se deixam levar, como se fossem as próprias folhas que as formigas carregam, inertes.

Qual o antídoto? A Verdade que liberta… mas essa Verdade não é tão palatável quanto o formicida, que foi projetado para ser agradável ao paladar das formigas, entretê-las e seduzi-las, a ponto delas preferirem o veneno à sua comida natural. É bem provável que os crentes-formiga não acreditem que estão consumindo veneno, e recusem o alimento verdadeiro. Talvez nem reconheçam-no como o alimento verdadeiro, tão narcotizadas pelo veneno, estão.

2 Responses to Crentes e formigas…

  1. marcela disse:

    os unicos macumbeiros da qui são vocês seus filhos da peste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: