Ajuda que mata…

Em Bangladesh, pelo menos 10 milhões de pessoas estão bebendo água com arsênico, água contaminada, dos poços que foram escavados em ações humanitárias do UNICEF. O UNICEF incentivou as pessoas a beberem a água dos poços escavados, em vez de usar as águas superficiais de rios e lagos, para diminuir a incidência da diarréia, que matava milhares de crianças, todos os anos.

Conseguiram diminuir enormemente o problema da diarréia e a mortalidade infantil, porém, agora as pessoas têm outros problemas, porque a água que bebem está contaminada com arsênico, naturalmente presente no subsolo da região. Na época não se fazia análise para medir o arsênico da água. Hoje, os poços que estão contaminados estão sendo sinalizados, porém, milhões de pessoas já estão envenenadas, com câncer e problemas graves na pele, causados pelo arsênico.

Obviamente que o UNICEF não pode ser responsabilizado pelo problema, afinal a intenção era puramente ajudar, salvar vidas de milhões de crianças, e isso realmente aconteceu. Só que agora existe um problema ainda maior a ser resolvido. Deve ser algo terrivelmente frustrante para o UNICEF, descobrir que a ajuda que tentaram oferecer àquelas pessoas, se transformou numa tragédia maior que o problema inicial.

Link para a notícia: Agua que mata – El país

Agora pense: quantas vezes você achou que estava ajudando uma pessoa com seus palpites, suas críticas, seus julgamentos e acusações, e no fim acabou destruindo mais ainda a vida da pessoa?

Quantas vezes você achou que sabia como resolver os problemas de outras pessoas, e acabou piorando a situação?

Pior, tem pessoas que sequer se dão conta disso, e continuam pensando que ajudaram, continuam se sentindo os heróis da história, os bons samaritanos. Viram as costas, cheias de orgulho de si mesmas, e não enxergam a destruição que causaram.

Pense nisso na próxima vez que você achar que sabe como resolver os problemas alheios…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: