Dia do dizimista???

O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM,

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM, estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Fica criado com méritos na cidade de Belém, capital do Estado do Pará, o Dia Municipal do Dizimista e do Ofertante cristão consciente, a comemorar no dia 18 de maio de cada ano.

Art. 2º VETADO

Art. 3º Estabelece que no decorrer das comemorações referidas ao evento, seja divulgado em alto e bom som o que está escrito da Bíblia Sagrada no livro de Malaquias cap. 3 vol. 10, que diz: “Trazei todos os dízimos à Casa do Tesouro para que haja mantimento na minha casa…”, e também o que está escrito no mesmo livro no cap. 3 vol. 18: “Então vereis a diferença entre o que serve a Deus e o que não o serve…”

(ah, então só dizimista fiel é que verdadeiramente serve a Deus, quem  não dizima não serve? francamente, até quando a prioridade das “igrejas” vai ser arrecadar o dinheiro das pessoas?)

Art. 4º. Ficará por conta e responsabilidade das emissoras de comunicação ligadas ou pertencentes às igrejas cristãs, a divulgação dos ensinamentos abaixo relacionados:
§ 1º Conscientizar a membrasia das igrejas cristãs em geral;
§2º Aconselhar e disciplinar a igreja a respeito do assunto;
§3º Estimular o povo cristão mostrando a necessidade da prática de ofertar e dizimar por parte do cidadão, praticante ou não.

DEUS AMA QUEM DÁ COM ALEGRIA, E NÃO QUEM O FAZ POR OBRIGAÇÃO!

Art. 5º As igrejas cristãs ficam com a missão de encorajar o povo a praticar a entrega ou devolução de dízimos e ofertas como prova da obediência no que ensina a Constituição divina, a “Bíblia Sagrada”, a palavra de Deus que é o bálsamo para o coração da família.

Constituição divina? No antigo testamento pode ser, mas não estamos mais sob a lei mosaica, os levitas não existem mais, não precisamos sustentar os levitas como na época do antigo testamento.  O dízimo era para sustentar os levitas. Se não há mais levitas entre nós, logo, o dízimo não é obrigação de nenhum cristão.

Art. 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

PALÁCIO ANTONIO LEMOS, 27 DE JANEIRO DE 2009
DUCIOMAR GOMES DA COSTA
Prefeito Municipal de Belém

Lamentável… é essa a diferença que os parlamentares evangélicos pretendem fazer na política e no poder executivo brasileiro? Escrevendo, votando e aprovando leis totalmente irrelevantes, e que servem aos seus próprios interesses financeiros?

Já passou da hora de acordar, meus caros…  até quando vocês acham que vão poder abusar assim do desconhecimento bíblico dos fiéis?

Anúncios

7 Responses to Dia do dizimista???

  1. arcanjo disse:

    infelizmente é assim, mas estamos nos movimentando também, estamos nos organizando para fazer uma campanha pacífica com cartazes e camisetas pro-ateismo aqui em manaus, temos que mostrar a nossa força tambem.

  2. Lindomax disse:

    Infelizmente meus caros, vejo como a mente de muitos como vocês é curta, o ato de dizimar é espontâneo e faz parte da nossa história religiosa (católica ou evangelica), se você quer protestar tem seu direito, mas tem tantas coisas muito mais relevante para exigir do meio político…

    • Andrea disse:

      Como assim, Lindomax?

      E vc acha que esse tipo de aberração se corrige como? Protestando, é claro. Exatamente o que eu estou fazendo. Como vc mesmo falou, estou no meu direito, certo? E justamente enquanto nossos políticos perdem tempo com IDIOTICES como essa lei, deixam de se preocupar com assuntos importantes para TODA A POPULAÇÃO, e não apenas os cristãos dizimistas.

      • Lindomax disse:

        É de extremas estupidez a sua atitude!

        São assuntos como este, que são aprovados festividades como círio e tantos outros…

        Ou será que vc quer acabar com o natal também!

      • Andrea disse:

        Prezado Lindomax, o estado é laico, e não deve legislar sobre assuntos de índole e interesse apenas religioso, como é o caso do dízimo.

  3. Valter disse:

    Andrea, toda e qualquer doação que se faz deve ser mesmo de coração e com alegria e DEUS conhece os verdadeiros e sinceros gestos de cada homem(Criação sua), o dízimo que a Igreja Católica prega é este, não uma obrigação más um gesto de amor e genorisade, não sendo uma taxa ou contribuição, que se faça no valor que não lhe pese.
    Quantos a questão de o dízimo ser para ajudar os levitas no AT, hoje muitos mais levitas existem, são os pobres e mendigos espalhados pelas ruas e sutentados pelo dízimo e contribuições genoras de muitos paroquianos com o sopão, cestas básica, roupas usadas(em bom estado), etc.

    • Andrea disse:

      Mas vc há de concordar comigo, que ninguém precisa de uma igreja sendo intermediária, para ajudar pobres e mendigos espalhados pelas ruas. Pode fazer isso diretamente, não pode?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: